Um baterista

Com a boa tradição de batuques que mexem com a gente, a África claro que só podia mesmo produzir bons bateristas. Deodato Siquir é moçambicano, radicado na Suécia e está a construir uma carreira de sucesso como cantor e baterista. O que ele faz com a bateria é coisa de doido. A mistura de jazz com ritmos tradicionais africanos já tinha tudo para dar certo. Isso feito por um músico talentoso, como Deodato, deixa a gente de boca aberta. Para acompanhar a bateria, ele canta em português, tonga e inglês.

Seu primeiro CD foi lançado em 2007, sob o título Balanço. Agora, ele lança Mutema, como homenagem póstuma a sua mãe, Berta Telma da Conceição Manjante, cujo nome tradicional era Mutema.

Balanço foi apresentado no World Music Charts Europe e esteve no Top 10 da rádio RDP África, no programa Música sem Espinha, além de ter levado o prêmio revelação do Ngoma Moçambique 2008. O novo CD tem 11 temas, gravados em Moçambique e na Suécia, e também promete ser um sucesso.

Sempre com uma visão positiva da vida, em suas músicas Deodato fala de amor, paz, saúde e prosperidade. Foi difícil escolher um vídeo para apresentar aqui. Todos mexem com a gente… Mas aí vai Terra mãe.

Saiba mais sobre o novo CD lançado pelo artista no site Mãos de Moçambique.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: