Tambores do mundo em Maputo

Ritmo e tambor são duas palavras que sempre relaciono com África. Depois de viver aqui e de tantas Quintas Quentes, então, isso nunca poderá ser de outra forma. E parece que não sou só eu que penso assim. Um documentário que será lançado na quinta-feira, dia 15 de setembro, chamado Tambores, faz uma incrível viagem musical por seis países, apresentando os ritmos de seus tambores. O continente africano é o mais representado no filme: Moçambique e Zâmbia. O documentário viaja também pelo Brasil, China, Catar e Portugal.

O vídeo foi produzido e idealizado pela Cinevídeo, em parceria com a Cine Internacional — a filial da Cinevídeo no continente africano — e mostra que a percussão está presente em diversos momentos em muitas culturas: homenagem a ancestrais, passagem de ano, luto, culto aos deuses, nascimento e os mais diversos rituais. O canto e a dança de muitas comunidades são marcados pelo compasso forte do tambor, que em cada região do mundo tem um significado próprio.

Chaisson e primo

Chaisson (direita) com um primo

No documentário, o tambor moçambicano é representado por Chaisson Meja, jovem que perdeu sua mãe quando tinha apenas um mês, vítima da guerra civil. Desde pequeno ele teve a vida conectada com o tambor pela influência de seu avô, que fabricava o instrumento, e de seu tio, músico.

Quem está em Maputo poderá ter acesso ao lançamento internacional deste vídeo e conhecer as histórias dos tambores dos outros cinco países. Será, às 18h do dia 15 de setembro, no Centro Cultural Franco Moçambicano, como parte da 6a edição do Festival Dockanema. A entrada é gratuita. Após o filme, os espectadores poderão assistir também apresentação do grupo cultural da Associação de Jovens de Nacala – AJN, que participa do filme e se apresenta em Maputo pela primeira vez.

Vou conferir e depois trago as impressões para aqueles que não estão por aqui ficarem com mais água na boca.

cartaz Tambores

P.S. Clique aqui para ver o vídeo de divulgação do documentário.

The URI to TrackBack this entry is: https://mosanblog.wordpress.com/2011/09/12/tambores-do-mundo-em-maputo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. […] terceiro foi Tambores, do qual já tinha falado um pouco no post Tambores do mundo em Maputo. Filmado em seis países, o documentário mostra como o tambor está presente em sociedades tão […]

  2. “Que rufem os tambores”…. vou aguardar com água na boca porque acho um instrumento sensacional e no continente que ele tem mais representatividade deve ser fantástico de ver e ouvir!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: