Parabéns, Dilon Djindji

Nascido em Marracuene, na província de Maputo, aos 12 anos construiu sua própria guitarra, com três cordas, a partir de uma lata de óleo. Só três anos depois teve uma guitarra de verdade e logo começou a tocar em festas. Tocava dois ritmos típicos do interior da província: zukuta e mágica. Perto da década de 50, quando surgiu a marrabenta, passou a tocá-la imediatamente.

Mas nem só de música viveu Dilon Djindji. Neste mesmo período, foi viver na África do Sul, para trabalhar como mineiro. De regresso à Moçambique, trabalhou em uma cooperativa agrícola. Só em 1960 criou um grupo musical, o Estrela de Marracuene. Em 1973 gravou o primeiro álbum: Xinguindlana e passou a ter seu trabalho ligado exclusivamente à música, sendo coordenador de produção da casa discográfica Produções 1001.

Em 1994 ganhou o prêmio da Rádio Moçambique, N’goma Moçambique, na categoria canção mais popular, com a música Juro palavra d’honra, sinceramente vou morrer assim. Só em 2001, já aos 74 anos, começou carreira internacional, como membro do grupo Mabulu. Em 2002 gravou o CD Dilon.

No próximo domingo, dia 14 de agosto, Dilon Djindji completa 84 anos. Ele é um ícone da marrabenta, uma lenda viva e bastante ativa, por sinal. Há algum tempo eu vinha querendo apresentá-lo na nossa Quinta Quente, mas o material disponível na internet era muito inscipiente. Eu o vi ao vivo uma noite dessas em um restaurante de Maputo e fiquei impressionada com o pique daquele papá de mais de 80 anos.

Agora, encontrei duas preciosidades no YouTube que me permitirão apresentá-lo aqui. O primeiro vídeo é a apresentação do prêmio Moçambique Music Awards 2010, no qual Dilon foi premiado por sua carreira. Pensei em editar o vídeo e deixar só a parte da apresentação do Dilon, mas vale ver a introdução, para melhor contextualização (são menos de 7 minutos no total). O segundo é um vídeo amador, feito durante a abertura do Festival de Marrabenta 2011, no Franco Moçambicano. Vejam lá se esse papá não é de cansar cachorro…

Veja mais sobre o artista nos sites da Plural Editores e da National Geographic World Music.

Confira aqui a lista de todos os vencedores do Mozambique Music Awards 2010.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://mosanblog.wordpress.com/2011/08/11/parabens-ao-dilon-djinji/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. “Obrigado pra mim”. Muito fofo! Que maravilha de vitalidade hein? Seria bonito de ver um show com ele, Bana e Carlos Burity! Não ia nem prestar hahaha. Bjs

  2. 80 anos! Bom exempo para todos nós.

    • E X E M P L O !


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: