Joburg, circuito esportivo

Futebol, críquete e rugbi são os esportes mais populares da África do Sul. O golfe também tem um espaço significativo no gosto dos sul-africanos e campos são encontrados com facilidade em várias cidades.

Mas, apesar de tantas ofertas, o tempo era curto e a nossa visita a Joanesburgo limitou-se aos espaços do futebol. Mais especificamente, aos cenários da Copa do Mundo de 2010.

O Soccer City foi palco da abertura e da final da Copa. Estivemos nos vestiários e no campo que receberam os campeões do mundo de 2010 – os espanhóis. Eduardo já falou sobre nossa visita — e muito bem, como sempre — no ElefanteNews.

Em 1990, o estádio foi escolhido para o primeiro discurso de Nelson Mandela em Joanesburgo após sua saída da prisão. A escolha não foi impensada: o local foi foco de resistência anti-racista e de protestos dos negros durante o apartheid. Em 1993, milhares de pessoas estiveram no mesmo estádio, mais uma vez para uma celebração não esportiva: foram velar o corpo do ativista político Chris Hani, assassinado em frente a sua casa.

Deixo aqui duas fotos, que destacam o desenho do estádio após remodelação para a Copa, inspirado na cerâmica tradicional africana.

Soccer City visto por dentro

fachada do Soccer City

Depois fomos ao Orlando Stadium. Fica no Soweto e abrigou a abertura da Copa de 2010, marcando o início da primeira Copa do Mundo de futebol em continente africano. O estádio foi construído em 1959 para ser a casa do Orlando Pirates FC. Em 2008 foi totalmente remodelado.

fachada do Orlando Stadium

O terceiro estádio da Copa que visitamos em Joanesburgo foi o também histórico Ellis Park Stadium. Fica no centro da cidade. O acesso é complicado em dias normais, imagino só como era durante a Copa. Foi construído em 1928, para jogos de rugbi. Em 1982 foi totalmente reconstruído e modernizado, ainda com o objetivo de atender jogos de rugbi, passando a poder receber cerca de 60 mil torcedores.

Em 1995, o estádio recebeu a final da Copa do Mundo de Rugbi, esporte praticado pelos brancos da África do Sul e odiado pelos negros. Nelson Mandela, presidente do país há alguns meses, apoiou a seleção nacional, o time Springbook, vestiu a camisa, aproximou-se da equipe e mostrou que toda a nação deveria torcer por eles. A história da ascensão de Mandela ao poder e como usou o esporte para unir um povo é contada no filme Invictus.

Sandra na arquibancada do Ellis Park

Assim terminamos nossa visita aos pontos esportivos de nosso interesse (e imagino que seriam os mesmo para muitos brasileiros). Não deixam de ser também visitas históricas e turísticas…

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://mosanblog.wordpress.com/2011/07/20/joburg-circuito-esportivo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. […] hoje em Cidade do Cabo, a quarta cidade que conheço da África do Sul. As outras foram Nelspruit, Joanesburgo e Pretória, sem contar o Kruger Park, que é um mundo à […]

  2. […] mais: Joburg, circuito esportivo Esta entrada foi publicada em Esporte, Futebol e marcada com a tag circuito, Esporte, esportivo, […]

  3. Que pena terem chegado ao fim os relatos dos circuitos de Joburg 😦 Muito bom conhecer um pouco mais da história dos monumentos esportivos da África do Sul. Adorei a foto no Ellis Park Stadium!!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: