Uma pérola da música angolana

Ela nasceu Jandira Sassingui, mas transformou-se em Pérola. Estreou no mercado musical agolano em 2004 e logo no primeiro ano ganhou dois prêmios: Revelação Feminina, da Rádio Luanda, e Melhor Intérprete Feminina, do Prêmio Moda, de Luanda. No ano seguinte, venceu na categoria de melhor voz feminina da África Austral, do prêmio de música africana Kora2005. Foi a primeira angolana a conquistar o Kora.

O sucesso veio rápido, mas a música já estava em sua vida há muito tempo. O pai fez parte do um grupo musical em Huambo — cidade onde Pérola nasceu —, o Estrelas do Sul, e a mãe cantou na igreja. Nessa época, ela ouvia cantores de diferentes estilos: Celine Dion, Fáfá de Belém, Whitney Houston e Mariah Carey são alguns que ela cita.

O primeiro álbum recebeu o título Os meus sentimentos e foi lançado em 2004. O segundo álbum, Cara e coroa, é de 2010. Nos dois, a artista interpreta os ritmos kizomba, soul, zouk, R&B e semba. Nesses ritmos Pérola canta o amor entre as pessoas e o cotidiano dos angolanos. Em entrevista para o site sobre celebridades de Angola, o Angofama.com, ela fala da contribuição que pretende dar ao momento de reconstrução do seu país: “divulgar mensagens de amor, de esperança, de incentivo, a mudança de atitudes impróprias, de combate a preconceitos e a tabus na sociedade. Tento fazê-lo de uma forma simples, com mensagens que todos compreendam e que de uma forma ou de outra se identifiquem. Esse é o meu singelo contributo”.

Escolhi para ouvir aqui Omboio. Não encontrei a letra, menos ainda a tradução. Em alguns comentários no Youtube, percebi que Omboio significa Comboio (como se chama o trem, por aqui) e que na música ela fala bastante da cultura tradicional angolana. No refrão, diz para se apressarem pois o trem está a partir. Parece ainda que ela canta em Umbundo, língua da região onde nasceu.

Mas mesmo sem a letra, o vídeo é bonito de ver e gostoso de ouvir. Especialmente, pela forma como Pérola canta. Do jeito lindo como ela se apresenta, os desavisados podem até achar que é fácil abrir a boca e as palavras saírem assim tão naturalmente sincronizadas e afinadas e ainda com o corpo balançando no mesmo ritmo.

Viste o site da artista, clicando aqui.

The URI to TrackBack this entry is: https://mosanblog.wordpress.com/2011/07/14/uma-perola-da-musica-angolana/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. […] entre uma cena e outra, uma voz preenche meu coração saudoso de África: Pérola, de quem já falei aqui no Mosanblog. Não sei se pelas circunstâncias, pela música escolhida para a novela, pela atitude que hoje […]

  2. Como pode ser fácil o malabarismo que ela faz com a boca, com as palavras e com o corpo?!!!! Uma Pérola mesmo…. Os vídeos dela transmitem alegria e vibração, a começar pelo colorido. Excelente escolha do Omboio. Outra de ritmo gostoso é “Sentada familiar”, onde podemos entender melhor a letra: não deve estar cantando nessas línguas nativas deles hahaha.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: