Fusão de jazz e tradição africana

A experiência de João Carlos Schwalbach em um palco com as músicas que apresenta hoje foi em 1993. Mas, só agora, 17 anos depois, o disco saiu da gaveta. E já nem se chama disco, agora é CD. O pianista, compositor e produtor musical ficou mais conhecido nos últimos anos pelo trabalho que exerce em sua produtora, a Ekaya, estabelecida em Maputo. Na Ekaya são produzidos alguns dos principais jingles publicitários e trilhas sonoras para cinema de Moçambique.

Antes de ter a produtora, Schwalbach formou-se em Música Popular pela Universidade de Campinas, em São Paulo, Brasil. Agora, em dezembro de 2010, foi o momento de Despertar – nome do CD. E a promessa é que saia muita coisa da gaveta. O lançamento desse mês foi do volume 1. Já há promessa de mais dois com o mesmo nome.

“Despertar é mesmo isso, é o meu despertar como compositor, como solista. Toco em várias bandas e, em estúdios gravo para muita gente e acho que está na hora de ter os meus discos, porque as pessoas só sabem que sou o João que toca nos Ghorwane, que toca com Stewart, para Mucavel, agora vão ver o João que toca para João”, explicou em entrevista ao jornal O País.

O álbum em questão tem influência da música tradicional moçambicana, com fusão do afro e do jazz. Técnica pela qual Schwalbach já é conhecido: usar acordes e sonoridades ocidentais na música tradicional africana.

Abaixo, trago um vídeo publicado no canal do jornal @ Verdade do Youtube, do dia do lançamento do CD Despertar. O som não é da melhor qualidade, por ter sido gravado a partir da platéia, mas é possível sentir o talento.

Veja mais sobre o artista no site Mozambique Music Awards e no site da Rádio Moçambique.

Conheça o site de sua produtora, Ekaya.

Não deixe de ver também alguns vídeos da banda Ghorwane, na qual Schwalbach participa, no Youtube, aqui e aqui.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://mosanblog.wordpress.com/2010/12/23/fusao-de-jazz-e-tradicao-africana/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Como o tempo está passando rápido. Aqui que vejo como a quinta quente chega rápido e adoro conhecer a música daí.

  2. Belo “Despertar”. Adoro jazz e esta fusão deu um toque especial. Nunca tinha ouvido falar, mas ele é muito bom! Bjs


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: