10.10.10

No dia 10 do mês 10 do ano de 2010 muitas coisas importantes aconteceram no mundo. Aniversários, encontros, reencontros, prisões, libertações, viagens, novas paixões, o debate dos candidatos à presidência do Brasil na TV e, na China, a confirmação do regresso da cantora caboverdiana Cesária Évora (69 anos) aos palcos. Há cinco meses ela havia sofrido uma cirurgia no coração e desde então não se apresentava.

Sua atuação nesse 10.10.10 foi de pouco mais de meia hora, no Teatro do Exército Popular da Libertação, em Pequim, com seus pés sempre descalços (prática, aliás, adotada por outras cantoras africanas). O concerto fez parte dos eventos do Dia de Cabo Verde na Expo2010.

Cesária Évora nasceu em Mindelo, na ilha de São Vicente, no país-arquipélago Cabo Verde. Ficou conhecida como a “diva dos pés descalços” e é a cantora caboverdiana de maior reconhecimento internacional. Em sua carreira, interpretou diversos gêneros musicais, mas o que mais a marcou foi o morna, gênero popular, tocado com instrumentos acústicos, com letras que falam de tristeza, mágoa e desejos impossíveis de serem realizados.

Desde pequena, Cesária gostava de cantar e fazia apresentações aos domingos na praça principal da sua cidade, acompanhada por seu irmão, Lela, no saxofone. Aos 16 anos conheceu um marinheiro chamado Eduardo que ensinou à Cesária os tradicionais estilos da música caboverdiana como a morna e a coladera.

Ela passou, então, a cantar em bares e hotéis. Aos 20 anos foi contratada como cantora pela companhia de pesca Congelo e passou a apresentar-se, basicamente, em jantares da empresa.

Em 1975, quando Cabo Verde conquistou a independência, Évora ainda não era muito popular e as dificuldades econômicas a fizeram parar de cantar para trabalhar em outras áreas que permitiam o melhor sustento da família. Dez anos afastada de seu próprio dom acabaram por levá-la ao alcoolismo.

Então, encorajada pelo compatriota Bana, realizou concertos em Portugal, onde ele estava exilado. De lá, foi convidada a ir para Paris, onde gravou, em 1988, o álbum “La diva aux pied nus” (a diva dos pés descalços). Aos 47 anos de idade, tornou-se internacionalmente conhecida e aplaudida.

Abaixo, Sodade, uma das mais conhecidas mornas interpretadas por Cesária Évora. Gosto do ritmo quase alegre que chega aos ouvidos ao mesmo tempo que uma letra lírica, quase triste. A letra é em crioulo caboverdiano, fácil de ser compreendida, mas, como encontrei tradução, a publico também.

Quem mostra’ bo (quem te mostrou)
Ess caminho longe? (esse caminho longe?)
Quem mostra’ bo (quem te mostrou)
Ess caminho longe? (esse caminho longe?)
Ess caminho (esse caminho)
Pa São Tomé (para são tome?)

Sodade sodade (saudade, saudade)
Sodade (saudade)
Dess nha terra Sao Nicolau (da minha terra são nicolau)

Si bô ‘screvê’ me (se me escreveres)
‘M ta ‘screvê be (eu escrevo-te)
Si bô ‘squecê me (se me esqueceres)
‘M ta ‘squecê be (eu esqueço-te)
Até dia (até ao dia)
Qui bô voltà (que voltares)

Sodade sodade (saudade, saudade)
Sodade (saudade)
Dess nha terra Sao Nicolau (da minha terra são nicolau)

Aqui, um esclarecedor texto sobre a letra da música.

Conheça o site oficial de Cesária Évora.

Saiba mais sobre a cantora, visitando a Wikipédia.

Veja mais sobre o espetáculo na Expo2010, na Agência AngolaPress.

Veja também o site oficial da Expo2010.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://mosanblog.wordpress.com/2010/10/14/10-10-10/trackback/

RSS feed for comments on this post.

5 ComentáriosDeixe um comentário

  1. […] Quente? Depois lembrei que até já apresentei alguns dos quais não sou a maior fã (nomeadamente Cesária Évora e Azagaia, por exemplo). Não que eu não goste totalmente, mas há restrições para cada um. […]

  2. […] Essa musicalidade toda está no sangue de Tito. Os pais e os avós eram músicos, assim como a maioria de seus oito irmãos. Nesse ambiente, aos sete anos já tocava guitarra. Compôs para Bana, Luís Morais e Cesária Évora. […]

  3. Esta eu não podia deixar passar. Pela data e pela artista escolhida. Primeiro a data: fizeram falta. Só isso. Fizeram muita falta.
    Depois a artista: eu sei que é dificílimo discutir gostos, mas como conheço um pouco da cultura caboverdeana, permitam-me dizer que Cesária Évora está muito longe do que aquelas ilhas têm de melhor. Ela teve a sorte imensa de ter sido “descoberta” por uns franceses com “flair et savoir faire” que a catapultaram nos palcos internacionais como se fosse um alien terceiromundista e melodioso. E enriqueceram. E ela não tem minima noção do que lhe aconteceu. Triste. A vantagem é que isso colocou Cabo Verde no mapa e abriu as portas para outros artistas mais talentosos (sim, sim. É uma avaliação muito pessoal). Mas se gostaram dela, sigam as migalhas e hão de os encontar. Muitas dessas migalhas estão neste mesmo blog 😀

  4. Gosto muito do trabalho dela. Bom te-la por aqui hoje!
    beijao

  5. Taí: 10/10/10 não é uma capiuca, mas é uma data interessante, principalmente pra quem gosta de matemática, como é o meu caso rsss. E agora é uma data significativa, já que marcou o retorno aos palcos de “la Diva aux pieds nus”. Sempre me perguntei por que você ainda não tinha trazido a Cesária Évora na Quinta Quente? Porque dela eu já tinha ouvido falar, e como…embora sem a riqueza de informações que você transmite. Sempre gostei dessa voz grave dela, mas a mim transmite uma certa melancolia, mesmo quando o rítmo é animado, dançante como da música Sayko Dayo! Agora sabendo mais da sua história de vida, torna compreensível. Se bem que artista é bicho estranho sempre kkk. O quarteto de vídeos do “CESARIA EN LIVE A FRANCE INTER”: Ligereza / Resposta / Sayko Dayo / Serpentina é um primor, principalmente Ligereza e Serpentina. Merecem o lugar de destaque no site da cantora. MuitoooO bons! Imagino seu dilema para escolher um vídeo para postar!!! Mas os meus favoritos são Sodade e Sentimento. E o Bana hein? Sabe das coisas: música boa e encorajou a Diva a retornar. Valeu Bana! E a você, Parabéns e obrigada pelo presente.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: