Tubarões africanos

Os Tubarões é o nome de um dos grupos musicais mais representativos de Cabo Verde no período de transição rumo à independência e democracia. Mesmo tendo sido extinto em 1994, sua música permanece viva e ainda é muito reproduzida e apreciada.

Uma das particularidades deste grupo de sete membros é que nenhum deles era músico em tempo integral. Todos tinham profissões paralelas como advogados, despachantes e médicos.

Eles cantam em crioulo caboverdiano, língua originária do arquipélago de Cabo Verde, e usam instrumentos típicos africanos, juntamente com outros, de origem européia, como o saxofone. O resultado é maravilhoso.

Em 1976, iniciam a sua discografia que é encerrada com a extinção do grupo, em 1994:

– Pepe Lopi (1976)
– Tchon di Morgado (1976)
– Djonsinho Cabral (1979)
– Tabanca (1980)
– Tema para dois (1982)
– Os Tubarões (1990)
– Os Tubarões ao vivo ( 1993)
– Porton d’ nôs ilha (1994)

No fim da década de 90, o vocalista Ildo Lobo decidiu dedicar mais tempo à sua carreira como músico e gravou três discos solo. Faleceu em 2004.

BIDA DI GOSSI (VIDA DE AGORA)

Ess bida di gossi bira mariado (A vida agora tornou-se mofina)
‘M firfiri sucuru fitcha (A buscar a vida a noite caiu)
Doedjo na tchon cabeça marian (De joelhos no chão, a cabeça às voltas)
Galo canta ‘m djobé caminho (O galo cantou procurei o caminho)

Ess bida di gossi bira mariado (A vida agora tornou-se mofina)
‘M firfiri sucuru fitcha (A buscar a vida a noite caiu)
Doedjo na tchon cabeça marian (De joelhos no chão, a cabeça às voltas)
Galo canta ‘m djobé caminho (O galo cantou procurei o caminho)

Qui dia lifanti cansa cu sé denti (Quando é que os dentes cansaram ao elefante)
Fidjo cabra ca salta rotcha (O cabrito não saltou na rocha)
Po tchiga casa nha Péma (Eu cheguei à casa da dona Péma)
Osso quebrado corpo mangrado (Osso partido corpo gasto)

Quem catem cabeça ca ta poi tchapéu (Quem não tem cabeça não põe chapéu)
Quem catem dinheiro ca ta gasta tcheu (Quem tem pouco dinheiro não deve gastar muito)
Quess bida di gossi é sim qué fêto (Porque a vida de agora é assim feita)

Quem catem cabeça ca ta poi tchapéu (Quem não tem cabeça não põe chapéu)
Quem catem dinheiro ca ta gasta tcheu (Quem tem pouo dinheiro não deve gastar muito)
Quess bida di gossi é sim qué fêto (Porque a vida de agora é assim feita)

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://mosanblog.wordpress.com/2010/09/30/tubaroes-africanos/trackback/

RSS feed for comments on this post.

5 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Ahhh, Djonsinho Cabral… minha infância!

  2. Muito bom! Conteúdo excelente Continuação de bom trabalho!

  3. MuitoooO bom. Que pena o grupo não existir mais.. E olha o que descobri: Bana & Ildo Lobo – Bo Oio Preto. É muita dor de cotovelo, mas são dois monstrons hein? E o mais importante é que eles estavam se divertindo cantando isso! Outro que gostei foi Torrão di meu… mas o que você escolheu é o melhor, sem dúvida. Lembra umas lambadas né? Tem um vídeo de homenagem ao Ildo Lobo com mensagens lindas!!! É isso aí: “quem não tem cabeça não põe chapéu”.

    • Lúcia, seus comentários sempre complementam com brilhantismo os posts.

      Obrigada pelas visitas, sempre.

      Beijos.

      Sandra.

  4. Ritmo bom para uma quinta quente. E como está quente aqui mas com esperança de chuva. E voltei a ter acesso as quintas quente aqui.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: